FUTEBOL DE AMPUTADOS MOGI

magnus master

Notícias

Wesley Safadão faz golaço e vence equipe de Falcão em amistoso

Ao lado de amigos, o jogador de futsal Falcão recebeu o cantor Wesley Safadão para uma partida amistosa no estádio Novelli Jr, em Itu. Além de terem arrecadado alimentos para doação, os jogadores também deram show dentro de campo. Destaque para o músico, que fez um golaço de cobertura. No final, os amigos de Wesley Safadão acabaram derrotando os amigos de Falcão por 10 a 8.

Fonte: lance.com.br

Corinthians Mogi fecha 2016 com 4 títulos mantendo a invencibilidade

Pelo segundo ano consecutivo, Corinthians Mogi segue conquistando títulos e sendo referência na modalidade de Futebol de Amputados no Brasil

A equipe Corinthians Mogi terminou o ano de 2016 com vários títulos conquistados. Neste ano a novidade foi a contratação de um novo treinador, Rodrigo Oliveira, que veio das categorias de base da equipe de futsal do Vila Santista, e juntou  se ao coordenador e também Técnico Renê Quintas, que viu a necessidade de ter mais um técnico a frente do projeto pois além da equipe Corinthians Mogi, o trabalho também abrange a equipe Instituto Só Vida e em 2017 o projeto será ampliado com a criação da terceira equipe, o Instituto R9.
 
O projeto vem crescendo bastante e terminou o ano com 38 atletas, não só de Mogi das Cruzes, mas de cidades vizinhas e até um atleta do Paraná, que vem de 2 a 3 vezes treinar aos sábados durante cada mês, isso mostra o reconhecimento de um grande trabalho realizado a vários anos na cidade, devido as parcerias com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, SESI, UMC, JSL e Padrão.
 
A ABDF, responsável pelas competições nacionais, realizou 4 competições e o Corinthians Mogi conseguiu repetir o feito de 2015, repleto de vitórias. A equipe começou o ano tornando-se Bi Campeã da Copa do Brasil,  de forma invicta, venceu o Campeonato Paulista, que foi realizado durante 4 meses, com jogos em cidades diferentes, venceu o Campeonato Superação também pela segunda vez e por último o campeonato mais difícil do ano, onde consagrou também o  Bi Campeonato Brasileiro, todos de forma invicta. A outra equipe do projeto, o Instituto Só Vida, conseguiu o 3º lugar na Copa do Brasil e o vice no Campeonato Paulista.
 
"Isso mostra a serenidade do nosso projeto, no inicio do ano traçamos um planejamento para as duas equipes e ambas conseguiram almejar o que foi traçado", comentou Rogerinho, presidente e capitão do Corinthians Mogi. A comissão técnica é formada por dois treinadores Rene Quintas e Rodrigo Oliveira, pela Psicóloga Juliana Jacques, além do fisioterapeuta Quintiliano, juntamente com o presidente Rogerio Almeida, fizeram um planejamento de treinos, eventos,  reuniões e competições onde cada profissional fez sua diferença no projeto, trabalhando para manter o projeto no topo, e com isto o projeto vem dando resultados positivos tanto dentro como fora de campo.
 
Junto com a Secretaria de Educação de Mogi, também foi criado o projeto Futebol de Amputado nas Escolas, onde a equipe visitou cerca de 35 ao longo do ano, abrindo também para cidades vizinhas com a realização de palestras, jogos de exibição. "Mostramos que  independente de uma deficiência podemos ter uma vida normal, superando todas as barreiras e preconceitos. Ficamos muitos felizes em ter esse retorno das escolas, foi um grande retorno saber que muitas escolas nos procuraram e algumas ficamos devendo para ir devido a agenda, não conseguimos atender todas e no próximo ano estaremos visitados as mesmas", destaca Rogerinho.
 
Além dos títulos conquistados, os atletas mogianos também foram destaques ganhando vários prêmios individuais como: melhor jogador, artilheiro, melhor treinador e goleiro menos vazado. A equipe ainda tem em seu elenco atletas que também foram campeões com a seleção brasileira, ganhando a Copa das Confederações, realizada na Colômbia.
 
"Para o próximo ano vamos nos preparar mais ainda, vimos que esse ano apesar de ganhar todos  esses títulos as equipes se evoluíram e algumas novas participaram das competições e isso e ótimo para a modalidade, que vem crescendo não só no país, mas no mundo, terminamos esse ano 2016 em cerca de 41 países", enfatiza Rogerinho.
 
Uma nova etapa a cumprir será unir forças para incluir a modalidade nas nas paraolimpíadas. A equipe retorna aos treinos na UMC no dia 18 de janeiro de 2017, mais informações do projeto no site da equipe, www.futeboldeamputadosmogi.com.br.
 
Por: Emerson Oliveira (FutebolMogiano.Com.br)
Em 23/12/2016 15h39
 
 
 

Atleta amputado, Rogerinho marca de pênalti e rouba a cena no jogo das estrelas

Em meio à festa e aos jogadores e artistas famosos do Jogo das Estrelas, disputado em Itu, um personagem chamou a atenção do público logo no início da partida, realizada nesta terça feira (20), no estádio Dr. Novelli Junior: Rogerinho, jogador da Seleção Brasileira de futebol para amputados.

Quem estava na expectativa pelos gols de Falcão, craque do futsal, Denilson, pentacampeão com a seleção em 2002, ou mesmo o anfitrião da noite, o cantor e centroavante matador nas horas vagas, Wesley Safadão, viu brilhar a estrela de um desconhecido, exemplo de superação no esporte.

Jogando futebol desde os tempos de criança, ele falou um pouco a respeito de sua trajetória no esporte. “Estou há mais de quinze anos na modalidade para amputados e há cinco defendendo a Seleção Brasileira, disputando campeonatos pelo mundo todo”, contou o atleta, que levou a galera ao delírio quando, auxiliado por suas muletas, correu para a bola e bateu firme e forte, no canto, sem chances para o goleiro.

Sobre o momento da cobrança do pênalti que abriu o placar, Rogerinho faz questão de agradecer o apoio de Safadão e Falcão.

“Graças a Deus, e a eles, que me chamaram pra essa festa, pude mostrar que, mesmo sendo amputado podemos fazer igual, independente dessas barreiras”, encerrou.

Fonte: torcedores.com

Com golaço e dois de pênalti, Safadão bate amigos de Falcão em jogo festivo

Debaixo de um temporal em Itu, no interior de São Paulo, time do cantor vence o do craque do futsal por 10 a 8. Mais de 3 toneladas de alimentos foram arrecadados

Itu, no interior de São Paulo, é conhecida como a "terra dos exageros". A cidade tem pontos turísticos que provam isso, como um semáforo de trânsito e um orelhão de telefone gigantes. 

Exagerada também foi a chuva que caiu durante o jogo festivo entre os Amigos de Falcão e os Amigos de Wesley Safadão, disputado na noite desta terça-feira, no estádio Novelli Jr.. No fim, os amigos do cantor, com a ajusta de três gols dele, superaram o time do craque do futsal por 10 a 8. 

> Confira como foi a partida em Tempo Real

O duelo teve poucos instantes com o gramado seco. Uma forte chuva atingiu a cidade, derrubando a energia no estádio e interrompendo a partida por cerca de 15 minutos. No primeiro tempo, a rede balançou apenas quatro vezes. Já na segunda etapa foram 14 gols, incluindo golaços de Cafu e do próprio Wesley Safadão. 

Safadão de pênalti

O cantor que sabe tudo também de bola converteu um pênalti ainda no início da partida e fez o primeiro gol do seu time no jogo festivo. Safadão ainda anotou mais um gol convertendo penalidade, mas no segundo tempo.  

Safadão marca um golaço

O cantor ainda mostrou categoria ao invadir a área no segundo tempo e marcar um gol por cobertura sobre a goleira Thaís Helena. Que golaço!

Rogerinho dá exemplo

Futebol é para todos, sem exceção. Rogerinho, que joga na seleção brasileira de amputados, abriu o placar com muita categoria em cobrança de pênalti. Força na bola, que entrou no cantinho. 

Cafu ainda tem gasolina no tanque

Capitão do pentacampeonato, Cafu fez um golaço ao emendar chute de primeira. A bola entrou no ângulo, sem chances para o goleiro Ernani. O ex-lateral-direito jogou pelo time do craque Falcão.

Por Itu, SP

Fonte: globoesporte.globo.com

Corinthians Mogi conquista bicampeonato brasileiro de futebol de amputados

A equipe alvinegra se consagrou campeã de forma invicta vencendo os sete jogos que disputou na competição nacional

No último fim de semana, o Corinthians Mogi conquistou o bicampeonato do Campeonato Brasileiro de Futebol de Amputados. Na cidade de Mogi das Cruzes, no Centro Esportivo da UMC, a equipe alvinegra levou o título de forma invicta.

No formato de pontos corridos, o Timão venceu os sete jogos que disputou, sendo bicampeão com uma rodada de antecedência. Além disso, os jogadores alvinegros conquistaram prêmios individuais. Digo e Rodrigo foram eleitos o melhor jogador e treinador, respectivamente. Gabriel foi o goleiro menos vazado e Rogerinho R9 ficou com a artilharia com 13 gols marcados.

"Esse campeonato foi muito bem disputado. Vimos a evolução de algumas equipes, mas nossa equipe vem se preparando deste o início do ano. Temos um planejamento, uma estrutura onde damos suporte aos atletas, e com isso fazemos com que tenhamos uma excelente equipe. Nossa comissão técnica hoje é uma das melhores dos últimos anos e vem mostrando que está no caminho certo", disse Rogerinho R9.

Confira o elenco campeão do Brasileirão de Amputados:

Goleiros: Gabriel, Rafael, Batata;
Zagueiros: Edson, Clovis, Serginho, Felipe;
Meias: Digo, Alan, Juninho, William;
Atacantes: Rogerinho, Diegão, Adilson;

Comissão técnica:

Treinador: Rodrigo
Auxiliar técnico: René
Psicóloga: Juliana
Fisioterapeuta: Quin
Preparador de goleiro: Bruno

Fonte: corinthians.com.br

Corinthians/Mogi é bicampeão brasileiro

A equipe de futebol para amputados do Corinthians /Mogi continua sendo o grande destaque do País na modalidade e fechou a temporada 2016 com chave de ouro: o time que já é destaque há três anos conquistou, somente em 2016, o Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Torneio Superação e agora alcançou o bicampeonato Brasileiro. No Nacional, que terminou na terça-feira passada, a equipe levantou o caneco após sete vitórias em sete jogos disputados. A competição, realizada em Mogi das Cruzes, foi organizada pela Associação Brasileira de Deficientes Fisicos (ABDF), juntamente com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) e apoio da Padaria Tita.
O Corinthians/Mogi derrotou, na estreia, outro time da cidade, o Instituto Só Vida, por 2 a 1. Depois bateu a Adesul Fortaleza, pelo generoso placar de 12 a 0. Em seguida, goleada contra o Aparecidense, por 5 a 0; seguido do Audax Peruíbe, por 3 a 1; a Amda MG, por 3 a 1; e a Adfego, por 2 a 1. Já com o título assegurado, o Timão ainda goleou o Futebol de Amputados SP por 8 a 1. A Adfego ficou com o segundo lugar e o Audax Peruíbe terminou na terceira posição.
Rogerinho Almeida, craque do Corinthians/Mogi e presidente da ABDF, mais uma vez elogiou o desenvolvimento da modalidade no Brasil. "Já vimos a evolução de várias equipes e o retorno de times como Futebol de Amputados SP e Audax Peruibe, que ano passado não participaram do torneio. Foi um campeonato bem disputado, de pontos corridos e cada jogo foi uma decisão", disse Rogerinho.
Além do título nacional, a equipe Corinthians/Mogi levou quatro prêmios individuais: Rodrigo Oliveira foi o melhor treinador; Digo foi o melhor jogador; Gabrie, o goleiro menos vazado e Rogerinho foi o artilheiro com 13 gols.
 

abddf

deka

josenel transp a

furebol mogianopng

parque da cidade