FUTEBOL DE AMPUTADOS MOGI

magnus master

Notícias

Time que é base da Seleção de amputados deixa de viajar por falta de verba

Equipe do Corinthians Mogi não conseguiu participar de torneio festivo 

Mogi das Cruzes conta com dois times de futebol de amputados

Já imaginou Neymar, Kaká, Ricardo Oliveira e outros jogadores de Seleção deixando de comparecer a um evento esportivo por falta de verba para as passagens? Infelizmente, foi isso que aconteceu com os jogadores do Corinthians Mogi, time de futebol para amputados. A equipe, base da Seleção Brasileira da modalidade, não conseguiu marcar presença em evento esportivo por não ter condições de bancar as passagens.

O jogo festivo aconteceu no mês de fevereiro, em Maringá, estado do Paraná, e foi organizado pelo Magnus Futsal, atual time de Falcão.

De acordo com o capitão do Corinthians Mogi, Rogerinho, o contato foi feito duas semanas antes do evento e o time acabou não conseguindo angariar dinheiro suficiente para a compra das passagens.

– O evento daria muita visibilidade para nós e quando um time não possui muito apoio uma chance como essa de ter visibilidade é importante. Nos ligaram uns 15 dias antes e, infelizmente, não deu tempo de conseguir o auxílio financeiro necessário. Acabamos não comparecendo – lamentou o jogador ao LANCE!.

Foi justamente Rogerinho o idealizador do projeto de futebol para amputados em Mogi das Cruzes. Em 2009, quando atuava pelo Praia Grande Futebol de Amputados e foi convocado para a Seleção Brasileira para disputar a Copa América, terminando com o título e artilharia, decidiu criar um time local de inclusão, para ajudar outras pessoas que estivessem em situação parecida com a sua. Inicialmente, o projeto se chamava SMEL Mogi Só Vida Futebol de Amputados, mas como em pouco tempo o número de atletas aumentou muito, foi necessário criar um outro time para que todos os envolvidos pudessem disputar os campeonatos da modalidade. Atualmente, as equipes se chamam Corinthians Mogi e Instituto Só Vida e carregam o nome de seus principais patrocinadores (Corinthians e Instituto só vida).

Embora possuam títulos importantes e jogadores convocados para a Seleção Brasileira, os clubes ainda sofrem com a falta de apoio e pouca visibilidade. A Copa do Mundo de futebol para amputados será disputada este ano e o Brasil está garantido para a competição que acontece no México. O torneio ainda não tem data definida.

O PROJETO DE FUTEBOL PARA AMPUTADOS EM MOGI

Goleiro da seleção já foi impedido de jogar na lusa 

O atual goleiro do Corinthians Mogi e da Seleção Brasileira, Gabriel Magalhães, de 20 anos, contou à reportagem que antes de conhecer o futebol de amputados fez um teste para jogar futsal na Portuguesa. Embora tenha sido aprovado, acabou impedido de jogar pela Federação Paulista de Futsal.

– Eu sempre fui jogador de linha, jogava muito futebol de salão, até que com 15 anos fui à Portuguesa fazer um teste e passei, mas acabei sendo impedido de atuar. A Federação Paulista de Futsal alegou que havia uma norma que não permitia que eu jogasse com não deficientes. Na época eu fiquei bem chateado – revelou.

Um ano após ter sido barrado, Magalhães conheceu o Corinthians Mogi e passou a fazer parte da equipe. Como a sua deficiência é em uma das mãos - má formação congênita - o até então jogador de linha começou a jogar no gol e acabou se descobrindo na posição (na modalidade o goleiro precisa ter ao menos três dedos amputados). Com o time, Gabriel conquistou diversos títulos nacionais e acabou sendo convocado para a Seleção Brasileira de Amputados. Atualmente, sustenta o título de melhor goleiro da Copa América, no ano passado.

BATE-BOLA 

Rogerinho, atacante do Corinthians Mogi

‘Ainda falta ganhar a Copa do Mundo com a Seleção Brasileira’

Como surgiu o projeto de futebol de amputados em Mogi?

Depois que eu fui convocado para a Seleção Brasileira, decidi criar um time local. No início eram três atletas, depois começamos a realizar palestras e divulgações na mídia local. Aos poucos, os jogadores foram aparecendo e trazendo outras pessoas para o projeto.

Quando você ganhou destaque no futebol de amputados?
Em 2009, quando eu deixei de jogar no meio de campo e passei a atuar no ataque. Aí comecei a fazer gols e fui para a Seleção. Graças a Deus, faz três anos que sou artilheiro de todas as competições oficiais de futebol para amputados em âmbito nacional.

Falta algum título para você?
Ainda falta conquistar a Copa do Mundo com a Seleção (risos). Nacionalmente eu já ganhei todos os campeonatos. Além disso, sou tricampeão da Copa América, joguei dois Mundiais e tenho mais de 25 títulos como artilheiro. Tenho um memorial com mais de cem troféus.

Com a palavra:
Juliana Jacques (Psicóloga do Corinthians Mogi)

É importante ter um acompanhamento psicológico nesta modalidade para que o indivíduo possa se sentir acolhido dentro do projeto. O estímulo do trabalho em equipe é a nossa principal ferramenta, mas aplicamos também, semanalmente, algumas técnicas e testes psicológicos. Nosso principal objetivo aqui é a inclusão social, a partir do esporte.

Fonte: lance.com.br

Corinthians Mogi estreia no VII Campeonato Paulista de Futebol de Amputados

Atual campeão paulista invicto, Timão vai em busca do bicampeonato que será no próximo dia 5 de março

A equipe de futebol de amputados do Corinthians Mogi inicia no próximo dia 5 de março, às 9h, contra o Audax Peruíbe, a caminhada em busca do segundo título consecutivo do Campeonato Paulista de Amputados.

A equipe do Corinthians Mogi conquistou o título de maneira invicta no ano de 2015. O campeonato é disputado em grupo único, onde todos jogam entre si, classificando os dois melhores para disputa da final e o terceiro e quarto colocados para a disputa do terceiro lugar.

Fonte: corinthians.com.br 

Com jogadores do Timão, Seleção Brasileira é campeã da Copa das Confederações

Alguns jogadores do Corinthians Mogi, equipe de futebol amputados alvinegra, representaram as cores do Brasil na conquista

Na última semana, a Seleção Brasileira de Futebol Amputados sagrou-se campeã da Copa das Confederações da modalidade. Com jogadores do Corinthians Mogi, o torneio contou com três seleções e foi realizado na Colômbia.

No formato de pontos corridos, cada seleção se enfrentou em confronto de ida e volta. O primeiro critério de desempate era o confronto direto, caso permanecesse a igualdade, os gols feitos decidiria o campeão.

Na estreia, a Seleção Brasileira teve um adversário tradicional e difícil: a Argentina. Com o jogo pegado, os jogadores brasileiros venceram por 2 a 1. No duelo seguinte, os jogadores brasileiros derrotaram a Colômbia por 3 a 0.

Apesar de não conseguir vencer os argentinos no jogo de volta, o Brasil tinha a missão contra a Colômbia de aumentar o saldo de gols para sonhar com o título. E foi o que aconteceu. Os brasileiros golearam a seleção adversária por 8 a 0. Com dois gols a mais no saldo comparado a Argentina, a Seleção sagrou-se campeã do torneio.

Confira os jogadores que fizeram parte desta conquista:

Goleiros: Gabriel, Fabio e Vagner;
Zagueiros: Clovis, Formiga, Ademir, Jairo, Edivaldo, Tinoco; 
Meias: Digo, Allan, William, Roodney:
Atacantes: Rogerinho, Breno , Dininho;
Treinador: Rene Quintas;
Auxiliar técnico: Mario Simin;
Psicóloga: Juliana Jacques;
Fisioterapeuta : Quintiliano;
Staff: Lucas

Fonte: corinthians.com.br 

Conheça a Seleção Brasileira de Futebol de Amputados

Quando o assunto é superação esses atletas de Mogi das Cruzes dão show

As Olimpíadas acabaram, mas o Mais Diário contínua em clima olímpico. Neste último sábado (27), o programa mostrou histórias de pessoas que mudaram a vida com esporte. Jessica Leão conheceu a Seleção Brasileira de Futebol de Amputados, um time de meninos que dão show quando o assunto é superação.

Apesar da modalidade não está no quadro das Paralimpíadas, essa turma de Mogi das Cruzes é tetracampeã mundial e conquistou as últimas três edições da Copa América: 2009, na Argentina; 2013, no Brasil; e 2015, em Guadalajara, no México. Um dos destaques do time é o atacante Rogérinho R9, em menção ao Ronaldo Fenômeno. Eleito o melhor artilheiro nas competições nacionais, ele fala sobre as expectativas para os próximos jogos que acontecerão em Tókio.

"Já existe um trabalho todo para que na próxima Paralimpíada a modalidade de futebol de amputados seja incluída, e o Brasil não está medindo esforço para que isso aconteça na próxima para gente está representando bem o Brasil", contou.

Nas regras principais da modalidade, os atletas de linha são amputados de uma das pernas e o goleiro de um dos braços. Além da muleta não poder tocar na bola de forma intencional. O treinador da equipe Renê Costa destaca a determinação e a animação dos jogadores. "É difícil controlar as brincadeiras de vez em quando, às vezes eles são muito alegres. Mas é muito bom porque são muito esforçados e tem um nível técnico muito alto". Jogar em uma das principais seleções do mundo, não é para qualquer um. Ele destacou os requesitos para ser um jogador da Seleção Brasileira de Amputados. "Tem que ser um bom jogador, tem que ser técnico e tem que ter espírito de grupo. Tem que saber jogar em conjunto. O esporte é coletivo", disse.

Fonte: gshow.globo.com/TV-Diario/Mais-Diario

Corinthians Mogi goleia Audax no Paulista de Amputados

Formiga (2), Digo e Rogerinho R9 marcaram os gols alvinegros

No último sábado (05), o Corinthians Mogi iniciou a campanha no VII Campeonato Paulista de Futebol de Amputados, organizado pela ABDF e Secretaria de Esportes de Mogi das Cruzes. Realizado no SESI, em São Paulo, o Timão enfrentou o Audax Peruíbe e goleou por 4 a 0.

Com jogo agressivo desde os primeiros minutos da etapa inicial, o Corinthians Mogi abriu 2 a 0 no placar, com Formiga duas vezes. O Timão não parou de atacar, mas esbarrou nas defesas do goleiro adversário. No segundo tempo, Digo e Rogerinho R9 fecharam a goleada alvinegra na estreia do Paulista de Amputados.

“Estreamos muito bem. Pensamos que iríamos ter um jogo difícil, por ser a estreia, mas conseguimos colocar em prática tudo aquilo que o nosso treinador Rodrigo vem passando desde o inicio dos treinos. Nosso time entrou concentrado e fizemos um grande jogo”, contou Rogerinho R9.

O próximo compromisso do Corinthians Mogi no Paulistão de Amputados acontece em abril, contra o Instituto Só Vida.

Fonte: corinthians.com.br

Corinthians Mogi vence segundo jogo no Paulista de futebol de amputados

Time alvinegro continua invicto no estadual após golear o Futebol de Amputados SP por 7 a 0, em Mogi das Cruzes, pela segunda rodada da competição

Neste fim de semana, o Corinthians Mogi conquistou mais uma vitória no Campeonato Paulista de futebol de amputados ao vencer de goleada a equipe Futebol de Amputados SP pelo placar de 7 a 0, em Mogi das Cruzes.

Na partida, o destaque da equipe alvinegra foi Digo, que marcou quatro dos sete gols. Rogerinho foi o autor de outros dois, e Leandro balançou a rede uma vez. Com esse resultado, o Corinthians Mogi continua invicto na competição e espera até maio para a próxima rodada do estadual, que será contra o Instituto Só Vida, outra equipe de Mogi das Cruzes, no dia 8 do próximo mês.

Ao todo, seis times participam do Campeonato Paulista. A competição é disputada em turno único, em que todas as equipes se enfrentam, e as duas primeiras colocadas fazem a final para decidir o título.

Fonte: globoesporte.globo.com

abddf

deka

josenel transp a

furebol mogianopng

parque da cidade